quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

O Reino de Deus (Parte II)

E Jesus, sendo questionado acerca do Reino de Deus, disse:
-Considere um homem muito pobre que estava com uma enfermidade mortal em seu corpo.
Esse homem tentou através de suas condições se libertar dessa enfermidade, porém, todas as tentativas falharam.
E descobriu que para se livrar dessa enfermidade, teria que ser submetido a um tratamento muito caro, tão caro que jamais poderia pagar, nem se trabalhasse por toda sua vida ininterruptamente.
Então, esse homem, fica entregue a morte...
Até que um dia, naquela terra, surge um senhor muito generoso e compassivo e sem ao menos conhecer o homem enfermo, paga todo o seu tratamento sem cobrar nada do enfermo.
O homem enfermo consegue se salvar e a partir dali, dedica sua vida a servir aos necessitados assim como o senhor generoso um dia fez com ele.

5 comentários:

Débora disse...

Se de 10 Leprosos apenas um voltou e agradeceu, quantos poderiam fazer igual a esse enfermo e servir aos necessitados?
Gratidão e Serviço é algo tão simples, algo que Deus espera de nós, mas algo que batalha com nosso EU diariamente.

Parabéns pela reflexão, que você seja esse homem de coração grato e pronto para o serviço.

Naty disse...

acho que eu preciso ter o coração do cara que me livrou da minha doença mortal...

will disse...

Eu lembrei da parabola do credor incompassivo. Ele mesmo que teve sua propria divida perdoada e nao perdoou a dos outros.

Não da pra canonizar mas dá pra refletir e aplicar.

Abraços, zé!

Celso Oliveira disse...

Qual a fonte desse escrito?

Joe disse...

Celso, o texto é de autoria minha mesmo.