quarta-feira, 2 de abril de 2008

O verdadeiro adorador


Mateus 25:35-40 Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era forasteiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; enfermo, e me visitastes; preso, e fostes ver-me. Então, perguntarão os justos: Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Ou com sede e te demos de beber?
E quando te vimos forasteiro e te hospedamos? Ou nu e te vestimos?
E quando te vimos enfermo ou preso e te fomos visitar?
O Rei, respondendo, lhes dirá: Em verdade vos afirmo que, sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.

Sempre participei de cultos onde o louvor era bem característico e marcante no sentido de adoração.
Aliás, o termo "adoração" e "adoradores" se tornou muito comum dentro das igrejas.
Existem vários e vários congressos debatendo o tema, ano após ano um novo congresso e uma nova visão e perspectiva do assunto é gerado e levado até as igrejas que se deliciam nesse gigantesco mercado que se tornou a "adoração". Prateleiras e mais prateleiras de CDs, DVDs, Livros entre outros objetos com o tema em destaque.
O tema é constantemente associado com música, até o início da postagem desse texto eu mesmo já associo louvor>música>adoração. O que também se tornou típico nas igrejas e no evangelho atual.
Não quero entrar em conceito etimológico da adoração em si, ficaremos no popular dessa vez!
Ouvimos coisas a respeito do "adorador que Deus busca", da "adoração que Deus anseia em seu coração", entre outras "gírias" evangélicas, mas tudo sempre relacionado ao louvor, a música, ao momento de êxtase emocional, carnal, reações meramente humanas, físicas...
Dentre essas e outras gírias, a mais real e verdadeira dela seria: "É para o Senhor! Tudo é pra ti Deus! Você está adorando ao Senhor, fazendo para Ele e não para homens!"
Entretanto, eu, acredito que nenhum adorador conseguiria expressar de forma tão espiritual e verdadeira sua adoração quanto dando o auxílio necessário aos pobres e necessitados, visitando os cativos e enfermos, dando de vestir aos que sentem frio, enfim...
Lembrando que se nossa adoração verdadeiramente é pra Jesus, toda vez que fazemos uma dessas coisas para qualquer um que precise, é pra Jesus que fazemos.

2 comentários:

kelly oliveira disse...

O TEXTO DIZ TUDO SOBRE A VERDADEIRA ADORAÇÃO.
Cansei de viver perdida em locais onde a adoração era o centro das atenções.Essa adoração a qual a igreja propõem hoje é estremamente falida,e espero que seje pra muitos que decidirem viver o verdadeiro Evangelho.Voltar as raizes biblicas e um grande exemplo de ADORAÇÃO AO NOSSO DEUS.

Callebe disse...

"Lembrando que se nossa adoração verdadeiramente é pra Jesus, toda vez que fazemos uma dessas coisas para qualquer um que precise, é pra Jesus que fazemos."

Muito bom Texto joe! muito bom mesmo.
Muitos falam, e falam sobre adoração, e não sabem realmente que adorar, é adorar em espirito e em verdade, não apenas com louvor, mas com maneiras de demonstrar isso também...

Sou o callebe la da comu. (United)...da uma olhada no meu blog se quiser também.
abraço